27/09/2021

Coren-AL cria setor pioneiro para Enfermeiros Responsáveis Técnicos

Objetivo é orientar ERTs, além de aumentar o quantitativo de profissionais Responsáveis Técnicos em Alagoas

Juliana Santos – enfermeira responsável pelo setor

O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) criou um setor pioneiro no país para os Enfermeiros Responsáveis Técnicos (ERTs). O objetivo é realizar orientações aos profissionais RTs, principalmente no que diz respeito às elaborações de documentos referentes ao planejamento do exercício da enfermagem.

O Responsável Técnico é a pessoa responsável por todo o serviço de enfermagem em uma instituição, fazendo o elo entre os profissionais e empresa com o Conselho Regional, planejando, executando e organizando os serviços ofertados pela empresa.

“O setor foi muito pensando, porque infelizmente, anteriormente, não tínhamos alguém que pudesse orientar o enfermeiro RT com relação à elaboração de instrumentos administrativos, além de gerenciar atividades como os documentos de novas rotinas, o regimento interno, protocolos, POPs [Procedimentos Operacionais Padrão]”, afirma a enfermeira responsável pelo setor, Juliana Santos.

Em uma das primeiras ações, o setor elaborou um estudo detalhado sobre os enfermeiros Responsáveis Técnicos e identificou que Alagoas tem uma deficiência destes profissionais. Dos 102 municípios alagoanos, 75 municípios alagoanos não possuem nenhum enfermeiro RT e nenhum protocolo de solicitação de CRT.

“Só temos a crescer, principalmente com o quantitativo de RTs no Estado. A falta do enfermeiro RT é uma ilegalidade que temos que combater”, explicou Juliana, ao afirmar que o setor também irá auxiliar nos processos de Audiência de Conciliação e Mediação.

Outra vantagem é que a partir de agora o Conselho conseguirá acompanhar de forma mais detalhado o cálculo do dimensionamento de enfermagem, ou seja, se o número de profissionais de enfermagem é o ideal para o número de atendimentos. “O dimensionamento é algo muito cobrado e só agora com as orientações adequadas, que os RTs estão conseguindo entregar esse documento”, afirmou Juliana.

Segundo o presidente do Coren-AL, Renné Costa, a criação do setor vai fortalecer a autonomia da enfermagem alagoana. “Os Rts são extremamente importantes e nós do Coren queremos dar o suporte adequado para eles”, afirmou.

Entre as atribuições da divisão estão o acolhimento e orientação dos ERTs, bem como orientá-los à implantação e funcionamento da Comissão Ética de Enfermagem; orientar quais os cumprimentos das atividades privativas da enfermagem; e esclarecer quanto ao registro das ações da categoria.