23/09/2021

Coren-AL e OCB vão elaborar normativa para atendimentos da enfermagem em domicílio

Para incentivar que as cooperativas de enfermagem se formalizem, o Coren-AL e a OCB estão montando um grupo de trabalho.

Para incentivar que as cooperativas de enfermagem se formalizem, o Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) e a Organização de Cooperativas do Brasil, seccional de Alagoas (Sistema OCB) estão montando um grupo de trabalho que vai resultar em diversas orientações.

Na última segunda-feira, dia 20, representantes das duas entidades se reuniram para discutir uma normativa em conjunto para o atendimento da enfermagem em domicílio (home care). Outra questão é a formalização das cooperativas no estado de Alagoas junto a OCB.

“Em Alagoas só temos duas cooperativas legais, as outras não são formalizadas na OCB, por isso existe uma concorrência desigual, pois apenas as duas que estão legalizadas pagam seus impostos”, afirmou a conselheira do Coren-AL, Eleide Batista.

O presidente do Coren-AL, Renné Costa, falou que o plano é montar uma cartilha para orientar as cooperativas com todas as determinações necessárias. “Também já convidamos o Conselho Federal para fazer parte desse projeto que será inovador”, afirmou Renné.

Estiveram presentes na reunião presidente da OCB em Alagoas, Márcia Tulia, a superintende da cooperativa COOPEAL, Léa Cyntia; a presidente da Coopsano, Sônia Leão; a conselheira do Coren-AL e diretora administrativa da Coopsano, Eleide Batista; o conselheiro Esvaldo Silva; a chefe do setor enfermeiro RT do Coren-AL, Juliana Santos e o chefe do departamento do exercício profissional do Coren-AL, Nayron Vasconcelos.