05/07/2016

Coren-AL fiscaliza instituição para dependentes químicos em Fernão Velho

O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas realizou ontem (dia

O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas realizou ontem (dia 4 de Julho) pela manhã uma fiscalização na instituição para dependentes químicos “ O Caminho”, em Fernão Velho.

Durante a vistoria foram fiscalizados o exercício da profissão assim como a existência de sistematização da assistência no local. Após averiguação foi constatada a ausência de Certificado de Responsabilidade Técnica (CRT) da instituição, assim como também a ausência de um profissional de enfermagem durante os três horários diários para supervisão do trabalho dos auxiliares e técnicos de enfermagem. Ambos os casos ferem a lei 7498 do código de ética da Enfermagem.

Segundo a fiscal que realizou a vistoria, Claudiane Albuquerque, a instituição já havia sido fiscalizada no início do mês de abril deste ano e já havia sido notificada das irregularidades. A Instituição para dependentes químicos “O caminho” é uma clinica privada que tem convênio com as secretárias do Estado e do Município para atender dependentes químicos em casos de internamento compulsório. Além do exercício da profissão, durante fiscalização também foi constatada a insegurança nas condições de trabalho dos profissionais de enfermagem e dos demais trabalhadores da clinica, que não conta com segurança policial para monitoramento dos internos.

A fiscal explica que após esse retorno á instituição será concluído os relatório de fiscalização da unidade que, posteriormente, será encaminhado ao setor jurídico do Coren-AL para serem tomadas as providências legais. Quanto à falta de segurança adequada no local de trabalho da clinica, será encaminhado um oficio aos órgãos de segurança competentes.