07/03/2022

Coren-AL realiza 2ª etapa do Curso de Consulta de Enfermagem Ginecológica em Delmiro Gouveia

Atividade aconteceu nos dias 3, 4 e 5 de março no Hospital Dr. Antenor Serpa

O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) realizou nos dias 3, 4 e 5 de março a prática in loco com a consulta da Enfermagem no Hospital e Maternidade Dr. Antenor Serpa, em Delmiro Gouveia. A atividade faz parte da segunda etapa do Curso de Consulta de Enfermagem Ginecológica com ênfase na saúde sexual e reprodutiva e visa investir em um planejamento reprodutivo.

A primeira etapa capacitou 26 enfermeiros das 7ª, 8ª, 9ª e 10ª região de saúde do Estado, em Arapiraca, realizada em fevereiro deste ano. O projeto irá contribuir para redução de vários indicadores de saúde gravidez na adolescência, abortamento, mortalidade materna e infantil, entre outros.

Segundo o presidente da instituição Renné Costa, esse é um momento histórico para a enfermagem alagoana. “Esse curso veio não só para emancipar enfermeiros e enfermeiras quanto à consulta de enfermagem ginecológica, mas, principalmente, para emancipar mulheres em todo o estado. Então continuamos aí firmes e fortes nesse projeto grandioso, ímpar e pioneiro para o Brasil e que começa aqui em Alagoas”, afirma o presidente.

A coordenadora do curso Dannyelly Costa informa que a segunda etapa da capacitação veio em momento muito oportuno, perto do Dia Internacional da Mulher. “O projeto de consultas ginecológicas também garante as mulheres de Delmiro Gouveia mais empoderamento, planejamento reprodutivo e autonomia, além do acesso a todos os métodos que assim ela deseje e escolha junto com seus parceiros, suas parceiras ou suas parcerias de vida”, enfatiza Dannyelly.

Além do presidente Renné Costa e da coordenadora do curso Dannyelly Costa, estiveram presentes na atividade os instrutores Eduardo Araújo, Maria Luiza Bezerra e Ana Paula e o conselheiro, Maycon Correia.

A enfermeira da estrutura da Saúde da Família em Delmiro Gouveia, Laryssa Oliveira, foi uma das profissionais habilitadas a fazer a inserção do DIU. “Estou muito feliz e realizada em poder ser instrumento de acesso às mulheres aos métodos contraceptivos. Então, esse projeto é um avanço muito grande para as mulheres não só daqui de Delmiro, mas de todo o estado. Só tenho a agradecer o Coren e o Cofen por essa iniciativa maravilhosa”, ressalta Laryssa.

Na ação foram realizadas mais de 50 consultas. Os profissionais analisaram as situações de cada paciente e fizeram a inserção do método contraceptivo em algumas mulheres. Uma das contempladas foi a promotora de vendas Damiana Rejane que se diz contente em poder ter a liberdade de escolher quando vai ter uma gravidez planejada. Os enfermeiros e enfermeiras habilitados também realizarão a consulta de revisão do procedimento.