01/06/2021

Coren-AL recupera sistema hackeado e retoma atendimento parcialmente nesta quarta, dia 02

Sistema ainda passa por instabilidade, mas está sendo totalmente reestabelecido

Ainda com instabilidade no sistema, o Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) retoma o atendimento ao público na capital Maceió, na quarta-feira, dia 02. Desde a semana passada, os técnicos de informática do Conselho estão trabalhando para recuperar o sistema que sofreu uma invasão cybernetica e foi criptografado por hackers. A subsede em Arapiraca ainda está em processo de recuperação de informação e instalação de internet.

Segundo o responsável pelo Departamento de Tecnologia da Informação do Coren-AL, Tulio Raphael, o método utilizado pelo hacker foi um ataque conhecido como ransomware, com o intuito de obter vantagem financeira.

Ransomware é um software de extorsão que pode bloquear o computador e depois exigir um resgate para desbloqueá-lo. Na maioria dos casos, a infecção por ransomware acontece através de um malware que ganha acesso ao dispositivo ou a todo o sistema operacional.

“Eles aproveitaram um momento de instabilidade, mas já conseguimos recuperar boa parte dos dados e, desta vez, o sistema está protegido de todas as formas possível”, explicou Tulio. Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Polícia Federal que iniciará as investigações em breve.

O presidente do Conselho, Renné Costa, disse que a nossa preocupação de não divulgar antes que o sistema foi hackeado foi para proteger os dados contidos no Sistema. “Só agora depois recuperados e em segurança é que estamos divulgando o problema ocorrido, que ainda não foi totalmente resolvido, o sistema ainda encontrasse instável, mas em breve estará 100% pleno, até lá quem não conseguir acessar nossos serviços pela internet deve nos procurar presencialmente na sede do Coren Alagoas em Maceió”, afirmou.