07/08/2018

Coren-AL se reúne com Prefeitura de Maceió para pedir providências nas Unidades de Saúde

Profissionais foram ameaçados por traficantes na Unidade de Saúde do Benedito Bentes

Após denuncia dos profissionais de enfermagem de ameaças em unidade de saúde no Benedito Bentes, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem em Alagoas (Coren-AL), Renné Costa, se reuniu com o Secretário Municipal de Saúde, Thomaz Nono, nesta segunda-feira (06), para solicitar providências.

De acordo com Renné Costa, essa não é uma realidade apenas do Benedito Bentes. “Infelizmente, muitas regiões do Estado são inseguras e os profissionais estão acuados. Queremos mais do que segurança, queremos garantir uma humanização do atendimento e condições de trabalho para prestar uma assistência de qualidade à população”, afirmou.

A denúncia aconteceu semana passada, na quinta-feira, dia 02. Segundo os funcionários, a ameaça partiu de uma mulher, que afirmou ser “esposa de traficante”, exigindo prioridade na consulta. No mesmo dia o Comitê de Valorização Profissional do Coren-AL, acompanhado do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem (Sateal), estive na Unidade Básica de Saúde Hamilton Falcão.

O secretário municipal de Saúde, Thomaz Nonô, retornou ao cargo esta semana, após alguns meses afastado e está se inteirando da situação. Ficou agendada uma nova reunião para próxima semana, com o Departamento de Atenção a Saúde e os coordenadores dos Distritos da Saúde para estudar uma solução, além de solicitar apoio ao Governo do Estado para reforçar a segurança no local.

Outras autoridades como a secretária municipal de Saúde de Jequiá da Praia, Patrícia Cavalcante, o secretário geral do Coren-AL, Paulo Guimarães também estiveram presentes.

 




  • Receba nossas novidades