16/05/2019

Coren-AL se reúne com procurador-geral de Justiça

Comissão levou demandas da enfermagem ao procurador Alfredo Gaspar de Mendonça Neto

Uma comissão do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) se reuniu, na última quarta-feira (15), com o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, para levar as demandas da enfermagem.

De acordo com o presidente do Coren-AL, Renné Costa, o encontro fortalece os laços entre as instituições. “Fomos muito bem recebidos pelo Dr. Alfredo Gaspar, que ouviu atentamente as demandas da nossa categoria, para fortalecemos ainda mais a Enfermagem no Estado. A postura da gestão um novo tempo é aproximar as instituições através do diálogo, das parcerias e o fortalecimento da imagem das instituições”, afirmou Renné.

Esteve em pauta a criação de concurso público a níveis municipal e estadual; salário base nos editais de concurso; ambulâncias interestaduais; não cumprimento da legislação na contratação de enfermeiros; e descumprimento do dimensionamento de pessoal.

O conselheiro Rildo Bezerra considerou a reunião muito positiva. “O Dr. Alfredo Gaspar de Mendonça nos recebeu de braços abertos. O Ministério Público se demonstrou um importante parceiro na luta contra o descaso na Enfermagem. Um dos pontos que mais enfatizei foi a falta de respeitos com os profissionais de enfermagem nos editais dos concursos públicos dos municípios alagoanos”, afirmou.

“Sobre as questões salariais, o Dr. Alfredo reforçou que precisamos ter o piso aprovado pela Assembleia Legislativa para poder ser cobrado. Também discutimos com ele a situação de alguns hospitais que foram fiscalizados e notificados pelo Conselho”, explicou o conselheiro Paulo Guimarães.

Inclusive, o Conselho solicitou que, em casos críticos, houvesse fiscalizações em conjunto Coren-AL e MP/AL nas unidades de saúde. A proposta foi vista com bons olhos pelo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar, e o Coren-AL já está analisando a viabilidade da ação.




  • Receba nossas novidades