12/04/2018

Diretoria do Coren/AL faz balanço dos primeiros cem dias de gestão

Estrutura física e corte de gastos foram as prioridades iniciais

Economia, estruturação e informatização foram palavras de ordem nos 100 primeiros dias de gestão da nova diretoria do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren/AL). Com a organização das contas, reavaliação de contratos e renegociação de valores está se gerando uma economia para poder investir em outras áreas, como a ampliação do prédio. A sede ganhou nova cara e equipamentos, além de todos os profissionais estarem sendo capacitados pelo Conselho Federal.

Segundo o presidente Renné Cosmo, ainda há muito para ser feito, mas as mudanças iniciais foram essenciais para dar continuidade ao trabalho. “Iniciamos nossa gestão com um prédio insalubre, apesar de velho conseguimos deixar um pouco mais aconchegante. A organização das contas já garantiu uma economia significativa, mas o trabalho não para e ainda temos o que fazer”, afirmou.

A nova diretoria assumiu a Conselho no início de 2018. A mudança aconteceu após mais de 20 anos sem disputa de liderança na Entidade. Porém, na última eleição, ocorrida em outubro de 2017, três chapas concorreram ao pleito. O fato inédito na história da instituição, segundo Renné, representava o desejo de mudança e atuação mais firme e participativa do Coren/AL junto aos profissionais de enfermagem.

Capacitação – Nestes primeiros meses, o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) tem dado apoio para organizar a casa. Em fevereiro, uma equipe esteve in loco para fazer um diagnóstico situacional e, em seguida, orientar métodos de trabalho que gerem mais eficácia à gestão. E para atender uma solicitação do presidente Renné, o Cofen auxiliará na aquisição de todo mobiliário em carência.

Também através do conselho federal, colaboradores do Coren/AL estão, aos poucos, sendo capacitados. No final de 2017, uma equipe esteve presente para auxiliar a fechar as contas, fazer um balanço do ano e orientar a equipe contábil no processamento de informação. Em momentos diferentes, as equipes do setor de passagem e da divisão da fiscalização do Cofen também estiveram em Alagoas para qualificar a equipe regional.

Em fevereiro de 2018 a Conselheira Tesoureira do Coren/AL, Leidjane Ferreira de Melo, participou do encontro de todas as regionais em Brasília. Lá ela esteve em cursos e palestras com temas como contratos, empenho, prestação de contas e patrimônio.

Informatização, tecnologia e reforma – A modernização é uma pauta constante para o Conselho. Um sistema especifico de passagem foi implantado para facilitar o processo burocrático e em abril uma equipe foi treinada para implantar a Ouvidoria. O novo setor vai ampliar a credibilidade junto aos diversos públicos e oferecerá à população um canal aberto para sugestões, reivindicações e denúncias.

A reforma no prédio-sede, localizado na Rua Dr. José Bento Júnior, nº 40, no Farol, também foi uma conquista que interferiu diretamente na produtividade. Inicialmente foram sanados problemas estruturais, como laje, mofo nas paredes, escada com degraus comprometidos e infiltração. Ainda dentro dos dois primeiros meses de gestão, houve licitação para serviço de manutenção dos ares-condicionados, o que resultou numa economia de aproximadamente 50%, comparando-se com o valor do contrato anterior.

Fortalecimento e fiscalização – Para consolidar as Macrorregiões de Saúde de Alagoas, reuniões estão sendo realizadas. No encontro com 1ª Macrorregião, que engloba 12 municípios, enfermeiros lotaram o auditório da Universidade Tiradentes (Unit), em Maceió. Na ocasião, foi apresentado à categoria os manuais e guias elaborados pelo Conselho, além da orientação sobre as novas diretrizes, e outras providências que não estão sendo efetivas em alguns municípios. Também estruturou e fortaleceu a subsede de Arapiraca.

Com intuito de interagir, aproximar e debater todas as demandas da categoria, o Coren/AL criou o Café com o Presidente junto às lideranças de outras entidades representativas da enfermagem, onde reativou o Fórum dessas entidades, que engloba: Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem no Est de Alagoas (Sateal), Sindicatos dos Enfermeiros (Sineal), Associação Brasileira de Enfermagem (Aben) e Associação Brasileira de Obstetrizes (Abenfo).

Na área de Defesa de Direitos, foi instituído o Comitê de Valorização da Enfermagem. O coordenador Lucas Casado, explicou que o objetivo do Comitê é proporcionar apoio emocional no exercício da profissão com medidas de prevenção e acolhimento aos técnicos, auxiliares e enfermeiros.

O processo de fiscalização já foi iniciado e pretende ser o foco para os próximos meses. O presidente do Coren/AL, Renné Cosmo, determinou à equipe de fiscalização atitude mais incisiva junto aos hospitais, clínicas e estabelecimentos de saúde, no sentido de verificar o cumprimento da obrigatoriedade dos responsáveis técnicos em cada local de trabalho.

Próximos passos – Em maio, acontecerá a Semana da Enfermagem Alagoana. Será o primeiro grande evento da atual diretoria e ocorrerá de forma descentralizadas em 15 instituições de ensino em todo o Estado. Durante a ação, palestras e apresentações de trabalhos serão realizadas. A semana de comemoração será encerrada com a 1º Corrida da Enfermagem Alagoana – Percurso de 5km, no dia 19 de maio, na praia de Ponta Verde. As inscrições serão abertas em breve.

“Temos muita força de vontade e estamos lutando para fazer uma gestão melhor. Estamos reformulando nosso site para que cada um consiga interagir de forma mais fácil, e ficar a par das atividades do Conselho, além de poder emitir o boleto com o valor da anuidade e negociar débitos de anos anteriores”, finalizou o presidente do Coren/AL.