05/02/2019

Enfermagem marca novo protesto em apoio a enfermeira afastada do HGE após denunciar assédio moral

O protesto acontecerá quinta-feira, dia 07, às 17h30, em frente ao HGE

A união entre sindicatos e Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) está ganhando forças. Em apoio a enfermeira afastada do Hospital Geral do Estado de Alagoas (HGE) após denunciar a diretora por assédio moral, a enfermagem marca o terceiro protesto nesta quinta-feira (07), às 17h30, em frente ao Hospital.

Enfermeira há 15 anos, Ruger Correia registrou um Boletim de Ocorrência na última terça-feira (29) contra a diretora do HGE, acusando-a de assédio moral. Em depoimento, ela relatou que foi humilhada e agredida verbalmente pela chefe na frente de colegas de trabalho e pacientes.

Outros protestos já aconteceram, na quarta-feira, dia 30, na porta do HGE e na quinta-feira, dia 31, em frente à Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas (Sesau). O movimento também ganha força nas redes sociais.

O Coren-AL, junto aos Sindicatos de Enfermagem de Alagoas, está acompanhado o caso de perto, dando apoio à vítima e informa que tomará as providências cabíveis. Também solicitou investigação apurada e que as instituições responsáveis hajam com rigor e, se necessário for punindo os culpados.




  • Receba nossas novidades