11/11/2021

Enfermeiro recebe medalha Silvio Vianna em reconhecimento pelo trabalho frente à Covid-19

O Coren-AL parabeniza Evânio Silva e afirma que seu trabalho representa a classe

Um reconhecimento justo, que representa todos os profissionais da enfermagem. Evânio Silva, enfermeiro, coordenador Unidade Intensiva (UTI) de Covid-19 e da Unidade AVC do Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca, recebeu na última terça-feira, dia 09, a Medalha Silvio Vianna, em homenagem ao trabalho realizado durante a pandemia.

A honraria foi entregue durante solenidade no Palácio República dos Palmares, promovida anualmente pela Secretaria do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag). A premiação é uma forma de reconhecer a dedicação e esforços dos servidores que se destacam por uma prestação de serviço eficiente e humanizada à população.

No total, 10 servidores foram homenageados. Evânio se destacou no momento mais crítico de atendimento a pacientes com Covid-19 no Hospital de Emergência do Agreste. Quando ainda havia uma série de dúvidas quanto ao protocolo de segurança de pacientes e profissionais da saúde, o enfermeiro apresentou estudos, dados, informações à comissão de trabalho, que transformaram o sistema de tratamento de pacientes com uma doença tão nova e que aterrorizava o mundo.

Através de seus estudos, Evânio conseguiu conversar com a equipe e unificou os setores, fez um plano de contingência, treinamento de pessoal, fluxo de entrada de pacientes, cuidados pós-morte, dinamizou os trabalhos com base científica.

Para o presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL), Renné Costa, a homenagem representa o esforço do Evânio e de todos os profissionais de enfermagem que estiveram à frente da pandemia.

“Nossa categoria trabalhou arduamente. Antes da vacina, muitos profissionais abriram mão do contato com a família, sofreram com a perda de colegas, chegaram à exaustão com leitos lotados e a incerteza de quais eram os tratamentos adequados. Evânio é nosso exemplo, temos muito orgulho de profissionais como ele, que tiveram a clareza de procurar na ciência seu direcionamento”, afirmou Renné.

Biografia

Evânio Silva é natural de Santana do Ipanema, e um dos 11 filhos de um pedreiro e de uma dona de casa. Esse medalhista começou a estudar somente com 13 anos. Ele, igual aos irmãos, precisava trabalhar para ajudar nas despesas da família. Evânio vendia picolé e sabão nas feiras livres de Arapiraca e lutou muito para iniciar os estudos.

Mais tarde, no momento mais crítico no atendimento a pacientes com Covid-19 no Hospital de Emergência do Agreste, quando havia uma série de dúvidas quanto ao protocolo de segurança de pacientes e profissionais da saúde, ele apresentou estudos, dados, informações à comissão de trabalho, que transformaram o sistema de tratamento de pacientes naquele momento. Foram os estudos dele que fizeram o HE do Agreste, responsável por atender traumas, virar referência em salvar vidas contra a Covid-19.

Medalha Silvio Vianna

Decorrente do Decreto Governamental nº 3.986 de 11 de março de 2008, a medalha reforça a importância do reconhecimento público pelo trabalho empenhado pelo funcionalismo. Entre as principais características que regem a vida dos servidores condecorados estão a superação, inovação no ambiente de trabalho, empatia, diligência, engajamento e paixão por servir.