- - http://al.corens.portalcofen.gov.br -

Live no Instagram do Coren-AL tem como tema a enfermagem no controle da Hanseníase

A atuação da enfermagem frente ao controle da Hanseníase foi o tema da “live” transmitida no Instagram @corenalagoasoficial na última segunda-feira (11/04). Esse momento foi conduzido pelo presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL), Renné Costa, e pela enfermeira Clodis Tavares, responsável pela implantação do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) em Alagoas.

A hanseníase é uma doença infecciosa causada por uma bactéria que afeta a pele e os nervos e com o tratamento adequado pode ter cura. A patologia deixa de ser transmissível a partir do início do tratamento.

A enfermeira Clodis possui graduação em Enfermagem e mestrado em Saúde Pública com área de concentração em Epidemiologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), doutorado em ciências pela Universidade de São Paulo (USP) e dedicou 37 anos da sua vida ao estudo da hanseníase, além de ser uma das pioneiras em pesquisas de impacto nacional.

A profissional iniciou o debate falando sobre como a equipe de enfermagem é importante em todas as etapas, desde a prevenção até o diagnóstico e a cura. “Essa é uma doença muito silenciosa, que quando diagnosticada tardiamente pode ser incapacitante. Com a pandemia, a situação ficou mais agravante”, afirma a enfermeira Clodis.

O Coren-AL é a primeira instituição do Estado a apoiar a campanha Não esqueça da hanseníase. “A enfermagem é essencial na busca de um melhor tratamento para os pacientes. Somos fortes, temos um papel fundamental para a saúde pública”, enfatiza o presidente, Renné Costa.