04/07/2018

Presidente do Coren-AL visita experiências exitosas em MG

Renné Costa esteve no Coren-MG, no Hospital Sofia Feldman e se reuniu com a presidente da Abenfo

Renné Costa com a diretoria do Coren de Minas Gerais

Buscar melhorias, capacitações e mais informação foi o objetivo da viagem para Minas Gerais do presidente do Conselho Regional de Enfermagem em Alagoas (Coren-AL), Renné Costa. Durante uma semana, Renné visitou experiências exitosas dentro do exercício profissional da enfermagem na capital mineira.

Durante as visitas na cidade, o presidente observou o funcionamento do Coren local, esteve no hospital referência nacional na enfermagem obstétrica, além de ter se reunido com Cleide Ventura, a presidente da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras e Neonatologistas (Abenfo).

“O intercâmbio no Coren-MG foi importante para observar o funcionamento do processo de trabalho. Lá eles possuem mais funcionários concursados que nós, mas é possível

No hospital Sofia Feldman

ajustar a metodologia para o nosso Conselho”, afirmou o presidente.

Com uma estrutura física maior que a de Alagoas, a presidente do Coren-MG, Carla Prado Silva, se solidarizou com a reestruturação

que Renné está fazendo na instituição e prometeu avaliar a doação de material.

“Estamos em fase de negociação para receber do Coren de Minas uma parte da mobília e equipamentos de informática para nossa sede. É muito importante essa união e colaboração entre os Conselhos Regionais, assim somos mais fortes”, declarou Renné, que também participou da reunião plenária.

No Hospital Sofia Feldman, referência nacional no parto seguro e humanizado, o presidente do Coren-AL acompanhou o trabalho dos enfermeiros obstetras, que estão aptos a inserir o Dispositivo Intrauterino [DIU].

Cleide Ventura, a presidente da Abenfo nacional

O enfermeiro, após treinamento e cumprindo o disposto na Resolução COFEN nº 358/2009, está apto a realizar consulta clínica, prescrever e inserir o DIU como ações intraconsulta.

“Apesar de já ser permitido, essa ainda é uma realidade distante no país. Poucos enfermeiros estão aptos a inserir o DIU, por isso conversei com a coordenadora geral do hospital e negociei a vinda do curso de capacitação para Alagoas”, informou.

Outra visita importante realizada em Minas Gerais foi a reunião com a enfermeira Cleide Ventura, presidente nacional da Abenfo. Renné solicitou que o Congresso Brasileiro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal (COBEON) de 2019 seja realizado em Alagoas.

 

 

 

 

 




  • Receba nossas novidades