06/06/2021

Técnica de enfermagem diz que fez ‘sapatinhos’ para aquecer pés de paciente como forma de carinho

Uma técnica de enfermagem intensivista do Hospital da Mulher, em Maceió, comoveu a internet na última semana após a foto de um ‘sapatinho? ...

Uma técnica de enfermagem intensivista do Hospital da Mulher, em Maceió, comoveu a internet na última semana após a foto de um ‘sapatinho’ (que ela fez) para os pés de uma paciente que estava internada ter sido viralizada. A técnica Flávia Fernanda Dantas de Oliveira Fernandes, de 32 anos, contou que fez os sapatinhos como forma de carinho e para amenizar a visualização do visitante da paciente. Além disso, ela disse que fazer esses sapatos é algo que sempre faz para os pacientes que precisam.

Segundo Flávia, a paciente de 72 anos estava em hipotermia, que baixa a temperatura. “Então para trazer estabilidade nos sinais vitais dela, fiz os sapatinhos”.

Nos sapatinhos, a técnica escreveu: “que esse sapatinho aqueça seus pés e seu coração”. E não apenas isso: ela também desenhou o cadarcinho e colocou a assinatura dela.

Apesar da imagem ter sido viralizada, a técnica disse que sempre faz os procedimentos dela com amor e carinho. E completou afirmando que não é a primeira vez que ela fez isso para um paciente.

“Já faço há quase nove anos em todos os pacientes que precisam ser aquecidos. Aquecemos tanto os pés como as mãos se houver necessidade, já é um procedimento rotineiro na enfermagem”, comentou a técnica que também cursa enfermagem e está no último período da graduação.

Ela disse que diferentemente dos outros sapatinhos já fez, esse foi diferente porque foi publicado em uma página no Instagram que tem muitos seguidores, a @florencenurseoficial. “Aí depois o Razões para Acreditar repostou e os sites nacionais foram dando essa notícia”.

Perguntada por qual motivo ela acredita que a imagem comoveu a web, a técnica reforça que acredita que seja por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus. “Estamos mais isolados e distantes das pessoas. Então todas as formas de amor estão sendo buscadas”.

Fonte: Eufemea