30/11/2018

Terça do Conhecimento debate a Técnica da Síflis no Programa Estadual de IST

Palestra promovida pelo Coren-AL acontece no dia 4 de dezembro, às 9h, no auditório da Uninassau (Ponta Verde).

Dezembro está chegando e, com ele, mais duas cores dão vida a campanhas de prevenção, como o Vermelho – que ressalta a importância da prevenção contra a Aids – e o Laranja – contra o câncer de pele -. Em comemoração ao Dezembro Vermelho, o Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL), promove a primeira Terça do Conhecimento do mês, dia 4, com o tema “Técnica da Sífilis do Programa Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais”.

O evento, que tem início às 9h, acontece no auditório da Uninassau (Ponta Verde), e tem como palestrante a enfermeira Catarina Labouré Castro Azevedo de Melo. Catarina é técnica do Programa Estadual de Infecções Sexualmente Transmissíveis e Hepatites Virais, pela Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau), e tem uma ampla experiência no assunto.

Para o presidente do Coren-AL, Renné Costa, o assunto é de extrema importância. “A Terça do Conhecimento tem como objetivo aproximar os estudantes de enfermagem, enfermeiros e comunidade, do Coren. Acreditamos que temas tão importantes quanto este desperte ainda mais o interesse do público”, afirma.

Sífilis – A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), causada pela bactéria Treponema pallidum, sendo transmitida por meio de relação sexual (vaginal, anal e oral) desprotegida, com uma pessoa infectada. A doença pode ser transmitida para a criança, durante a gestação ou parto e pode apresentar diversas formas clínicas, sendo classifica como primária, secundária, latente e terciária.

De acordo com um Boletim Epidemiológico de 2016, o Brasil enfrenta uma crise de sífilis, e em Alagoas não é diferente. Maceió é a quinta capital que mais registrou casos da infecção. A educação, conscientização e políticas públicas voltadas ao assunto são meios importantes para combater a doença.




  • Receba nossas novidades